Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

'É o preço por lutar pelo seu país', diz Bolsonaro, ao comentar assassinato de Shinzo Abe - Nova Difusora

Fale conosco via Whatsapp: +11976774820

No comando: Em Pauta

Das 08:00 às 09:00

No comando: Programa Wellignton de Andrade

Das 09:00 às 10:00

No comando: AVENTURAS SERTANEJAS EDIÇÃO DE SÁBADO

Das 09:00 às 11:00

No comando: Francisco Rossi e você

Das 10:00 às 12:00

No comando: Conexão Regional

Das 11:00 às 12:00

No comando: Sintonizados

Das 12:00 às 14:00

No comando: Roda de Amigos

Das 13:00 às 14:00

No comando: AVENTURAS SERTANEJAS

Das 14:00 às 15:00

No comando: CLÁSSICOS SERTANEJOS EDIÇÃO DE SÁBADO

Das 14:00 às 16:00

No comando: POSCAST

Das 15:00 às 16:00

No comando: Jornada Esportiva

Das 15:00 às 18:00

No comando: Papo Reto

Das 16:00 às 17:00

No comando: SAMBA DO BOCA

Das 16:00 às 18:00

No comando: Verdades Vivas

Das 17:00 às 18:00

No comando: Nova Esporte

Das 18:00 às 19:00

No comando: Pega Leve EDIÇÃO DE SÁBADO

Das 18:00 às 22:00

No comando: Pega Leve

Das 20:00 às 22:00

‘É o preço por lutar pelo seu país’, diz Bolsonaro, ao comentar assassinato de Shinzo Abe

Ex-primeiro-ministro japonês morreu após ser baleado durante evento de campanha em Nara, região próxima a Kyoto

presidente Jair Bolsonaro chorou, nesta sexta-feira (8), durante discurso em homenagem ao ex-primeiro-ministro japonês Shinzo Abe, morto após ser baleado enquanto participava de um evento de campanha em Nara, região próxima a Kyoto. “É o preço por lutar pelo seu país”, disse o chefe do Executivo brasileiro.

“Me traz a memória os momentos que tive com ele no Brasil e no Japão. Me traz a memória o carinho que temos para com a comunidade japonesa que vive em nosso país e, em especial, na cidade de Registro, no Vale do Ribeira, vizinha à minha cidade, Eldorado Paulista”, disse Bolsonaro, em evento de entrega de espadins aos cadetes da Força Aérea Brasileira, em Pirassununga (SP).

“Um homem afável, inteligente e patriota. Que em todas as vezes que estivemos juntos buscou o bem-estar de sua população, ouvindo sobre como poderia colaborar com o povo brasileiro”, completou.

Na sequência, citou a edição de um decreto de luto oficial em todo o país durante três dias pela morte do líder japonês. “É o preço por lutar pelo seu país, e muitas vezes, ou na maioria das vezes, o inimigo não está lá fora, está dentro da própria pátria”, destacou Bolsonaro, que foi vítima de um atentado a facada durante a campanha eleitoral de 2018, em Juiz de Fora (MG).

Fonte Noticias R7

Deixe seu comentário: