Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Frota é o parlamentar homem que mais apresentou projeto a favor das mulheres - Nova Difusora

Fale conosco via Whatsapp: +11976774820

No comando: Café News

Das 07:00 às 08:00

No comando: Em Pauta

Das 08:00 às 09:00

No comando: Programa Wellignton de Andrade

Das 09:00 às 10:00

No comando: AVENTURAS SERTANEJAS EDIÇÃO DE SÁBADO

Das 09:00 às 11:00

No comando: Francisco Rossi e você

Das 10:00 às 12:00

No comando: Conexão Regional

Das 11:00 às 12:00

No comando: Sintonizados

Das 12:00 às 14:00

No comando: Roda de Amigos

Das 13:00 às 14:00

No comando: AVENTURAS SERTANEJAS

Das 14:00 às 15:00

No comando: CLÁSSICOS SERTANEJOS EDIÇÃO DE SÁBADO

Das 14:00 às 16:00

No comando: POSCAST

Das 15:00 às 16:00

No comando: Jornada Esportiva

Das 15:00 às 18:00

No comando: Papo Reto

Das 16:00 às 17:00

No comando: SAMBA DO BOCA

Das 16:00 às 18:00

No comando: Verdades Vivas

Das 17:00 às 18:00

No comando: Nova Esporte

Das 18:00 às 19:00

No comando: Pega Leve EDIÇÃO DE SÁBADO

Das 18:00 às 22:00

No comando: Pega Leve

Das 20:00 às 22:00

Frota é o parlamentar homem que mais apresentou projeto a favor das mulheres

Foto: Divulgação / Câmara dos Deputados

Segundo o ranking Elas no Congresso, o deputado federal Alexandre Frota (PSDB) é o parlamentar homem com o maior número de projetos favoráveis às mulheres na Câmara dos Deputados.

Ele é também o quinto deputado, entre todos os 513 da casa, que mais cria e apoia propostas para a população feminina. Em contrapartida, das 19 pessoas em sua equipe, apenas uma é mulher. “Ela representa muito bem as mulheres em nosso dia a dia”, disse em reportagem publicada no site www.uol.com.br/universa.

Entre os projetos que já apresentou neste ano está o que obriga condomínios a disponibilizarem um botão de alarme para acionar a portaria em casos de violência doméstica.

Outro quer proibir a realização de publicidade sexista ou estimuladora de qualquer tipo de violência sexual.

Frota também apresentou um projeto para que mulheres responsáveis pela unidade familiar ou vítimas de violência doméstica e de baixa renda tenham prioridade nos programas de habitação de interesse social, pauta que já está em discussão no Senado.

Fonte: UOL/Notícias

Deixe seu comentário: