Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Projeto já aprovado no Senado agiliza a proteção de idosos e pessoas com deficiência vítimas de violência - Nova Difusora

Fale conosco via Whatsapp: +11976774820

No comando: Café News

Das 07:00 às 08:00

No comando: Em Pauta

Das 08:00 às 09:00

No comando: Programa Wellignton de Andrade

Das 09:00 às 10:00

No comando: AVENTURAS SERTANEJAS EDIÇÃO DE SÁBADO

Das 09:00 às 11:00

No comando: Francisco Rossi e você

Das 10:00 às 12:00

No comando: Conexão Regional

Das 11:00 às 12:00

No comando: Sintonizados

Das 12:00 às 14:00

No comando: Roda de Amigos

Das 13:00 às 14:00

No comando: AVENTURAS SERTANEJAS

Das 14:00 às 15:00

No comando: CLÁSSICOS SERTANEJOS EDIÇÃO DE SÁBADO

Das 14:00 às 16:00

No comando: POSCAST

Das 15:00 às 16:00

No comando: Jornada Esportiva

Das 15:00 às 18:00

No comando: Papo Reto

Das 16:00 às 17:00

No comando: SAMBA DO BOCA

Das 16:00 às 18:00

No comando: Verdades Vivas

Das 17:00 às 18:00

No comando: Nova Esporte

Das 18:00 às 19:00

No comando: Pega Leve EDIÇÃO DE SÁBADO

Das 18:00 às 22:00

No comando: Pega Leve

Das 20:00 às 22:00

Projeto já aprovado no Senado agiliza a proteção de idosos e pessoas com deficiência vítimas de violência

Foto: Reprodução / O Globo

Reportagem: Milena Abreu

Projeto de lei em tramitação no Congresso amplia a proteção de idosos e de pessoas com deficiência  que tenham sofrido violência ou que estejam sendo ameaçadas.

O PL 4.438/2021 estabelece que as mesmas medidas protetivas da Lei Maria da Penha, que ampara mulheres de todas as idades vítimas de violência doméstica, sejam garantidas ao idoso e pessoa com deficiência do sexo masculino, como explica a autora do projeto, a senadora do MDB do Mato Grosso do Sul, Simone Tebet:

SONORA

Tebet, que é pré-candidata à presidência da República, diz que ficou sensibilizada após a conversa com a delegada e viu que há uma ‘lacuna legal’ que precisa ser solucionada:

SONORA

O projeto, que altera os Estatutos do Idoso e da Pessoa com Deficiência já foi por unanimidade no Senado e a expectativa de Simone Tebet é que seja aprovado na Câmara ainda esse mês.

Fonte: Agencia Rádio 2

Deixe seu comentário: