Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Setor supermercadista foi o que mais gerou empregos durante a pandemia - Nova Difusora

Fale conosco via Whatsapp: +11976774820

No comando: Café News

Das 07:00 às 08:00

No comando: Em Pauta

Das 08:00 às 09:00

No comando: Programa Wellignton de Andrade

Das 09:00 às 10:00

No comando: AVENTURAS SERTANEJAS EDIÇÃO DE SÁBADO

Das 09:00 às 11:00

No comando: Francisco Rossi e você

Das 10:00 às 12:00

No comando: Conexão Regional

Das 11:00 às 12:00

No comando: Sintonizados

Das 12:00 às 14:00

No comando: Roda de Amigos

Das 13:00 às 14:00

No comando: AVENTURAS SERTANEJAS

Das 14:00 às 15:00

No comando: CLÁSSICOS SERTANEJOS EDIÇÃO DE SÁBADO

Das 14:00 às 16:00

No comando: POSCAST

Das 15:00 às 16:00

No comando: Jornada Esportiva

Das 15:00 às 18:00

No comando: Papo Reto

Das 16:00 às 17:00

No comando: SAMBA DO BOCA

Das 16:00 às 18:00

No comando: Verdades Vivas

Das 17:00 às 18:00

No comando: Nova Esporte

Das 18:00 às 19:00

No comando: Pega Leve EDIÇÃO DE SÁBADO

Das 18:00 às 22:00

No comando: Pega Leve

Das 20:00 às 22:00

Setor supermercadista foi o que mais gerou empregos durante a pandemia

Foto: Reprodução / InfoMoney

Reportagem: Milena Abreu

O setor que mais gerou empregos durante a pandemia foi o de supermercados.

Números divulgados pela Associação de Supermercados do Estado do Rio de Janeiro, revelam que o setor foi responsável por 6 de cada 100 novos postos de trabalho criados no período 2020/2021.

Foram com 156.120 no total, sendo 57.214 novas vagas em 2020, e 98.906, em 2021.

Análise por estado mostra que os supermercados estão entre os dez maiores geradores de vagas em todas as unidades da federação.

Em números absolutos, a maior quantidade de novas vagas do setor supermercadista no ciclo 2020/2021 foi gerada em São Paulo, quase 31 mil postos, seguido de Minas Gerais, com pouco mais de metade disso, Rio de Janeiro, Pará e Rio Grande do Sul.

A pesquisa revela também que o segundo maior setor gerador de empregos durante os dois primeiros anos de pandemia foi de transporte de carga rodoviária, com 136.423 novas vagas – cerca de 20 mil a menos que o setor supermercadista.

Fonte: Agencia Rádio 2

 

Deixe seu comentário: